DESTAQUES DO BLOG

30/09/14

IBOPE - Dilma aparece na frente no 1º Turno e empatada tecnicamente com Marina no 2º Turno


Em simulação de segundo turno, Dilma tem 42% e Marina, 38%.
Instituto ouviu 3.010 eleitores entre os dias 27 e 29 de setembro.



Pesquisa Ibope divulgada nesta terça-feira (30) aponta os seguintes percentuais de intenção de voto na corrida para a Presidência da República:
Dilma Rousseff (PT): 39%
Marina Silva (PSB): 25%
Aécio Neves (PSDB): 19%
Pastor Everaldo (PSC): 1%
Luciana Genro (PSOL): 1%
Zé Maria (PSTU): 0%*
- Eduardo Jorge (PV): 0%*
Rui Costa Pimenta (PCO): 0%*
Eymael (PSDC): 0%*
Levy Fidelix (PRTB): 0%*
Mauro Iasi (PCB): 0%*
- Branco/nulo: 7%
- Não sabe/não respondeu: 7%

* Cada um dos seis indicados com 0% não atingiu 1% das intenções de voto; somados, eles têm 1%

A pesquisa foi encomendada pela TV Globo e pelo jornal "O Estado de S.Paulo".
No levantamento anterior do instituto, divulgado no dia 23, Dilma tinha 38%, Marina, 29%, e Aécio, 19%.
Segundo turno
Ibope também simulou três cenários de segundo turno. São eles:
- Dilma Rousseff: 42%
- Marina Silva: 38%
- Branco/nulo: 12%
- Não sabe/não respondeu: 8%
- Dilma Rousseff: 45%
- Aécio Neves: 35%
- Branco/nulo: 12%
- Não sabe/não respondeu: 8%
- Marina Silva: 38%
- Aécio Neves: 34%
- Branco/nulo: 16%
- Não sabe/não respondeu: 12%
O Ibope ouviu 3.010 eleitores em 203 municípios entre os dias 27 e 29 de setembro. A margem de erro é de dois pontos percentuais, para mais ou para menos. O nível de confiança é de 95%, o que quer dizer que, se levarmos em conta a margem de erro de dois pontos, a probabilidade de o resultado retratar a realidade é de 95%. A pesquisa foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o protocolo BR-00909/2014.
Espontânea
Na modalidade espontânea da pesquisa (em que o pesquisador somente pergunta ao eleitor em quem ele pretende votar, sem apresentar a relação de candidatos), o resultado foi o seguinte:
- Dilma Rousseff (PT): 36%
- Marina Silva (PSB): 21%
- Aécio Neves (PSDB): 16%
- Outros: 1%
- Branco/nulo: 9%
- Não sabe/não respondeu: 1%
Rejeição
De acordo com a pesquisa, a presidente Dilma tem a maior taxa de rejeição (percentual dos que disseram que não votam em um candidato de jeito nenhum). Nesse item da pesquisa, os entrevistados puderam escolher mais de um nome.
- Dilma Roussef: 31%
- Marina Silva: 20%
- Aécio Neves: 19%
- Pastor Everaldo: 14%
- Levy Fidelix : 11%
- Zé Maria: 10%
- Eymael: 10%
- Luciana Genro: 9%
- Mauro Iasi: 9%
- Rui Costa Pimenta: 8%
- Eduardo Jorge: 8%
Avaliação do governo
A pesquisa mostra que a administração da presidente Dilma tem a aprovação de 38% dos eleitores entrevistados – no levantamento anterior, divulgado no último dia 23, o índice era de 39%. O percentual de aprovação reúne os entrevistados que avaliam o governo como "ótimo" ou "bom".
Os que julgam o governo "ruim" ou "péssimo" são 28%, segundo o Ibope. Para 33%, o governo é "regular". Os dois índices são os mesmos do levantamento anterior.
O resultado da pesquisa de avaliação do governo Dilma foi o seguinte:
- Ótimo/bom: 38%
- Regular: 33%
- Ruim/péssimo: 28%
- Não sabe/não respondeu: 1%
Expectativa de vitória
O Ibope também perguntou aos entrevistados quem eles acham que será o próximo presidente da República, independentemente da intenção de voto. Para 58%, Dilma sairá vitoriosa; 20% acreditam que Marina ganhará; e 10% apostam na vitória de Aécio; 12% não sabem ou não responderam.
Ibope - 30.9 (Foto: Arte/G1)

Briga acirrada entre Marina e Aécio para ir ao Segunto Turno com Dilma, aponta pesquisa Datafolha


Em simulação de segundo turno, Dilma tem 49% e Marina, 41%.
Instituto ouviu 7.520 eleitores nos dias 29 e 30 de setembro.


Pesquisa Datafolha divulgada nesta terça-feira (30) aponta os seguintes percentuais de intenção de voto na corrida para a Presidência da República:
Dilma Rousseff (PT): 40%
Marina Silva (PSB): 25%
Aécio Neves (PSDB): 20%
Pastor Everaldo (PSC): 1%
Luciana Genro (PSOL): 1%
Eduardo Jorge (PV): 0%*
Zé Maria (PSTU): 0%*
Rui Costa Pimenta (PCO): 0%*
Eymael (PSDC): 0%*
Levy Fidelix (PRTB): 0%*
Mauro Iasi (PCB): 0%*
- Branco/nulo/nenhum: 5%
- Não sabe: 5%
* Cada um dos seis indicados com 0% não atingiu, individualmente, 1% das intenções de voto; somados, eles têm 1%.
No levantamento anterior do instituto, divulgado no dia 26, Dilma tinha 40%, Marina, 27%, e Aécio, 18%.
A pesquisa foi encomendada pela TV Globo e pelo jornal "Folha de S.Paulo".
Segundo turno
O levantamento divulgado nesta terça indica que, em um eventual segundo turno entre Dilma e Marina, a candidata do PT tem 49% das intenções de voto e a do PSB, 41%. Na semana passada, Dilma tinha 47% e Marina, 43%.
Na simulação de segundo turno entre Dilma e Aécio, a petista vence por 50% a 41% (50% a 39% na semana anterior).
Datafolha ouviu 7.520 eleitores em 311 municípios nos dias 29 e 30 de setembro. A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos. O nível de confiança é de 95%. Isso significa que, se forem realizados 100 levantamentos, em 95 deles os resultados estariam dentro da margem de erro de dois pontos prevista. A pesquisa está registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o número BR-00905/2014.
Espontânea
Na modalidade espontânea da pesquisa (em que o pesquisador somente pergunta ao entrevistado em quem ele pretende votar, sem apresentar a lista de candidatos), os resultados são os seguintes:
- Dilma Rousseff : 35%
- Marina Silva: 20%
- Aécio Neves: 16%
- Outras respostas: 3%
- Em branco/nulo/nenhum: 5%
- Não sabe: 22%
Rejeição
A presidente Dilma tem a maior taxa de rejeição (percentual dos que disseram que não votam em um candidato de jeito nenhum). Nesse item da pesquisa, os entrevistados puderam escolher mais de um nome. Veja os números:
- Dilma Rousseff: 31%
- Marina Silva: 25%
- Aécio Neves: 23%
- Pastor Everaldo: 22%
- Levy Fidelix: 20%
- Zé Maria: 18%
- Eymael: 18%
- Luciana Genro: 16%
- Rui Costa Pimenta: 15%
- Eduardo Jorge: 15%
- Mauro Iasi: 14%
Avaliação da presidente
A pesquisa mostra que a administração da presidente Dilma Rousseff tem a aprovação de 39% dos entrevistados – eram 37% no levantamento anterior, divulgado no último dia 26. O percentual de aprovação reúne os entrevistados que avaliam o governo como "ótimo" ou "bom".
Os que julgam o governo “ruim” ou “péssimo” são 23%, segundo o Datafolha (ante os 22% da semana passada). Para 37%, o governo é "regular" (eram 39% no levantamento anterior).
O resultado da avaliação é:
- Ótimo/bom: 39%
- Regular: 37%
- Ruim/péssimo: 23%
- Não sabe: 1%
A nota média atribuída pelos entrevistados ao governo foi 6,1 (a mesma da semana anterior).
Datafolha - completa (Foto: Arte/G1)

Vox Populi indica vantagem de Dilma sobre Marina nos dois turnos


 
Jornal GGN - Uma prévia da pesquisa Vox Populi que será divulgada logo mais. Segundo esta nova pesquisa, a candidata do PT, Dilma Rousseff manteve 40% das intenções. Marina Silva apresentou uma leve recuperação, indo de 22% para 24% das intenções de voto. Aécio Neves, do PSDB, também apresentou leve recuperação, indo de 17% para 18%. Luciana Genro e Pastor Everaldo tiveram 1% das intenções de voto cada um. Brancos e nulos alcançaram 6% e os indecisos ainda gravitam na casa dos 11%.
 
Para o segundo turno, se Dilma Rousseff concorrer contra Marina Silva fica com 46% das intenções, enquanto a candidata do PSB garante 39% delas. Já contra Aécio Neves, Dilma teria 48% dos votos e, o tucano, 38%.

DaLuz engasga ao ser apresentado ao “PIL” de Souto



Paulo Souto exibe cara de satisfação depois de mostrar o "PIL" a DaLuz
Atacado por todos os lados no debate de ontem, na TV Aratu, o candidato do DEM ao governo, Paulo Souto, não perdeu a oportunidade de fazer uma pegadinha durante o confronto. Foi quando, instado a fazer uma pergunta ao franco-atirador Rogério DaLuz (PRTB), figura carimbada de quase todas as eleições majoritárias realizadas nos anos 2000 na Bahia, resolveu questioná-lo sobre o PIL.
- PIL?, balbuciou DaLuz, surpreso tanto com a sigla quanto com o fato de ver lhe ser jogada no caminho uma casca de banana exatamente por Souto, cuja imagem é de uma seriedade constrangedora. Depois de se enervar e admitir que não sabia que Diabo era o PIL, o folclórico candidato ainda ensaiou uma resposta agressiva, afirmando que Souto nunca precisara do sistema público de saúde, reação que apenas confirmou que fora pego com a calça na mão.
Ao fazer a réplica no tom formal habitual, justificando que não pretendia constranger DaLuz e traduzindo finalmente o PIL para Plano de Investimentos em Logística sob um rito deliberadamente professoral, Souto apenas aprofundou o caráter hilário da cena que construiu para que o candidato que posa de iconoclasta perdesse a condição de exclusivo elemento desestabilizador.
Foi, sem dúvida, o momento mais interessante, porque descontraído, de um debate repetitivo que não deve ter acrescentado nada aos poucos telespectadores que pararam em frente à TV para acompanhá-lo em suas duas horas de duração que pareceram uma eternidade. Não se pode negar que ao mostrar seu PIL a DaLuz, Souto e ele protagonizaram um momento verdadeiramente revelador no confronto. Lá ele!




Imprensa nacional dá vitória de Paulo Souto no primeiro turno


Paulo Souto é considerado um dos candidatos a governador que vencerá as eleições no primeiro turno pela imprensa nacional. Em matéria desta terça-feira (30), o jornal O Globo coloca a Bahia entre os 14 estados brasileiros, onde a disputa eleitoral se encerra no próximo domingo, dia cinco de outubro, com a vitória de Souto. O diário do Rio de Janeiro se baseia nas pesquisas realizadas por institutos tradicionais, sérios e de respeitabilidade, como o Ibope e o Datafolha. Em O Globo, Paulo Souto é apontado como um dos candidatos da oposição a governador que vai derrotar o PT nos principais colégios eleitorais do País. Com mais de 10 milhões de eleitores, a Bahia é o quarto estado brasileiro em número de votos. Pelo Ibope, Souto tem 43% das intenções de voto, o que corresponde a 54,4% dos votos válidos contra 45,6% do somatório de todos adversários. A larga vantagem garante ao candidato da coligação “Unidos pela Bahia” a eleição no primeiro turno.

Faltando 5 dias para Eleições Vidente Reafirma que Aécio Neves será Presidente do Brasil


O Vidente que ficou famoso por acertar todos os confrontos da Copa do Mundo, inclusive quem seria o Campeão. Votou afirmar que Aécio Neves seria Eleito Presidente da República no 2º Turno. Mesmo com a maioria das pesquisas apontarem um confronto entre Dilma e Marina no segundo turno. O vidente Carlinhos disse que não tem nenhuma dúvida que Aécio será eleito e o Melhor Presidente que o Brasil já teve. Faltando 05 dias para as eleições, Aécio neves é o candidato que vem crescendo e se aproximando de Marina, algumas pesquisas indica até uma vantagem de 4 pontos. Vamos aguardar o dia 05 de Outubro para ver se o Vidente Carlinhos acertou ou cometeu um equívoco.


Blog Se Liga na Informação - Aqui você fica bem Informado!!!


29/09/14

Dilma amplia vantagem no primeiro turno e passa Marina no segundo, aponta CNT/MDA

Dilma amplia vantagem no primeiro turno e passa Marina no segundo, aponta CNT/MDA
Fotos: Ag. Haack/ Bahia Notícias
A presidente Dilma Rousseff (PT) ampliou a distância para Marina Silva de acordo com a pesquisa CNT/MDA divulgada nesta segunda-feira (29). Segundo o levantamento, a petista aparece com 40,4% das intenções de voto, frente a 25,2% de Marina. O candidato do PSDB, Aécio Neves, se aproximou da candidata do PSB e agora pontua com 19,8% das intenções de voto. Luciana Genro, do PSOL, chegou a 1,2% e Pastor Everaldo obteve 0,8%. Os demais candidatos, somados, aparecem com 0,5%, , enquanto votos brancos e nulos somam 5,9%. Outros 6,4% não sabem ou não responderam. Na simulação de segundo turno, foi a primeira vez que Dilma apareceu à frente de Marina, com 47% contra 38,7%. Na última pesquisa divulgada pelo CNT/MDA, as duas apareciam empatadas tecnicamente. Já o cenário com Aécio Neves e Dilma, a petista vence com uma vantagem maior, com 49,1% contra 36,8%. O levantamento fez ainda a simulação de uma disputa entre o tucano e a socialista, tendo Marina com 41,1% e ele 36%. A pesquisa foi realizada entre os dias 27 e 28 de setembro de 2014 e foram ouvidos 2002 eleitores. A margem de erro é de 2,2 pontos percentuais e o registro foi feito no TSE sob o código BR-00892/2014. 

Fonte: Bahia Notícias

28/09/14

Petrolão pode ter financiado o PT em 2010


Dilma e Paulo Roberto Costa, em 2008.
Dilma e Paulo Roberto Costa, em 2008.
A presidenta Dilma foi informada ainda nos Estados Unidos que uma das mais graves conclusões da investigação na Operação Lava Jato dá conta de que sua campanha, em 2010, pode ter sido financiada com dinheiro do esquema de corrupção do ex-diretor da Petrobras Paulo Roberto Costa e o megadoleiro Alberto Youssef. A informação caiu como uma bomba na cúpula do PT, embora não a tenha surpreendido.
Em sua delação premiada, Paulo Roberto Costa detalhou quantias e personagens cujas campanhas foram financiadas pelo Petrolão.
A participação do ex-diretor na campanha do PT de 2010 explicaria suas relações com Lula, que o chama de “Paulinho”, e com Dilma.
Há fotos que atestam a proximidade do ex-diretor de Dilma, incluindo a que ele aparece autografando seu casaco laranja da Petrobras.
Paulo Roberto Costa deve ganhar liberdade neste final de semana, usando tornozeleira eletrônica. Deveria usar seguranças também. 


Exclusivo – Walter Pinheiro pode migrar para a Rede de Marina


Declarações de Walter Pinheiro a revista Veja, condenada por Jaques Wagner e Rui Costa. Foto Montagem Blog do Marcelo.
Declarações de Walter Pinheiro a revista Veja, gerou insatisfação em Jaques Wagner e Rui Costa. Foto montagem Blog do Marcelo.
Há muito tempo não é nada confortável a posição do senador Walter Pinheiro, dentro do Partido dos Trabalhadores.
Em um resgate histórico, era de Pinheiro, e não de Wagner, a vaga para candidatar-se a governador da Bahia em 2002. Certo da derrota, Pinheiro recusou o convite, dando a um deputado de pouca expressão (Jaques Wagner), a oportunidade de enfrentar o então candidato da situação, Paulo Souto.
No governo Lula, Pinheiro posicionou-se, dentre outros, contra a medida da implementação da cobrança da contribuição previdenciária sobre os salários dos servidores inativos. Mais tarde, condenou o escândalo do mensalão, e por pouco não saiu do partido junto com Heloisa Helena, Luciana Genro, dentre outros.
Desde lá, Lula abomina Walter Pinheiro, a ponto de ter vetado sua indicação como ministro da Reforma Agrária do governo Dilma, ministério esse que depois veio a ser ocupado por Afonso Florense, citado no escândalo do mensalinho baiano.
Desde a explosão do escândalo do mensalinho, e, principalmente, após sua declaração reconhecendo a proximidade de Dalva Sele (presidente do Instituto Brasil), com próceres do PT estadual, Walter é abertamente tratado como uma espécie de leproso. Wagner teria confidenciado aos mais íntimos que a campanha estava perdida por culpa de Pinheiro.
Hoje, na inauguração de uma obra, Wagner não se conteve. Disse que era mentira de Pinheiro uma suposta perseguição, e sinalizou que o mesmo teria sido “leviano” em sua entrevista à revista Veja.
Bombeiros de plantão não escondem mais a delicadeza da situação. Walter Pinheiro, por ora, evita os holofotes, não sem antes receber afagos de militantes ligados à Rede Sustentabilidade de Marina Silva.
O que se diz hoje, é que Walter Pinheiro pode vir a ser o grande político a migrar para a REDE, coordenando o partido na Bahia, não sem antes alvejar o PT, a quem também, não esconde mais o rancor.
Pinheiro sabe que a política se faz em oportunidades, e uma eventual ruptura, em um cenário favorável, traria para ele uma posição nova, sempre sonhada.
Os interlocutores da REDE porém, esperam de Walter Pinheiro uma posição clara em direção à Marina.
Seria uma hecatombe, Pinheiro, no meio da campanha eleitoral, declarar apoio a Marina.
É, sem dúvidas, uma jogada a arriscada. Por ora, seu aliados titulares de cargos no estado sofrem com o destino…

27/09/14

INHAMBUPE - Colégio Simone Neri ganha Trofeu na III Feira Nacional de Matemática


Estudantes da rede estadual participaram, com 35 projetos baianos e 115 projetos de outros estados, totalizando 150 exposições. Foram 157 classificados, mas 07 não compareceram. Os projetos vencedores recebem troféu destaque, os demais recebem troféu menção honrosa pela participação. Inhambupe foi mais uma vez destaque.

Os estudantes Sávio Calazans Dantas, e
 Ayara Purificação ao lado da Professora Nildete
O Colégio Simone Neri de Inahmbupe-Bahia recebeu o Troféu destaque na modalidade Ensino Médio, com o projeto: “A Matemática visando a sustentabilidade A Partir do Consumo Consciente de Energia Elétrica”.
A coordenadora do Programa Ciência na Escola, da Secretaria da Educação do Estado, Shirley Costa, afirmou que o ponto alto das feiras é valorizar o aluno como pesquisador. “Os nossos estudantes são vistos como pessoas que têm senso crítico, são criativos e são protagonistas na produção do seu próprio conhecimento. Aliado a isso, os professores que os orientam têm a possibilidade de fazer uma análise crítica do seu processo docente. Esses ambientes de aprendizado proporcionam, sobretudo, o processo de inovações educacionais”


Expositores – Os estudantes Sávio Calazans Dantas, 18, e Ayara Purificação, 17, foram premiados, no ano passado, na VIII Feira Baiana de Educação, quando cursavam o 3º ano no Colégio Estadual Professora Simone Simões Neri, no município de Inhampube. Este ano, na III Feira Nacional de Matemática, eles expõem o trabalho selecionado, que diz respeito à Matemática e à sustentabilidade, a partir do consumo consciente da energia elétrica. “Fomos até a hidrelétrica de Paulo Afonso para colher informações técnica, a exemplo da origem da energia elétrica, de como é gerada e como é distribuída nas casas”, disse Sávio, hoje estudante de engenharia civil.


A parceira de projeto, Ayara Purificação, que, hoje, estuda fisioterapia, contou que o objetivo também foi o de conscientizar a população sobre os gastos com energia elétrica. “Lançamos a cartilha Conscientização, Consumo e Energia. Por meio dela, ensinamos, por exemplo, a calcular o valor da energia e as formas de reduzir a quantidade de uso dos aparelhos”. A professora-orientadora, Nildete Luz Souza, afirmou que a participação dos estudantes nas Feiras de Matemática tem sido um estímulo para toda a comunidade escolar. “Graças ao Programa Ciências na Escola, os estudantes estão mais conscientes sobre a sua capacidade de fazer a iniciação científica”.
Todos os participantes da III Feira Nacional de Matemática receberão troféus e medalhas e 40 bolsas de Iniciação Científica Júnior, concedidas pelo  Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) será sorteado entre os 20 melhores trabalhos do ensino médio.

Os Alunos do Colégio Estadual Simone Neri chegaram a Inhambupe por volta das 21h30, onde todos foram recebidos pela comunidade escolar (Professores, Alunos a Diretora Genaide Azevedo) com fogos, carro de som, muitas palmas e muita festa. 




Blog Se Liga na Informação - Aqui você fica bem Informado!!!

Dalva Sele diz que ex-mulher de Rui era quem buscava dinheiro no instituto



A pivô das denúncias de uma possível esquema de corrupção envolvendo recursos do governo da Bahia em contratos com a ONG Instituto Brasil, Dalva Sele Paiva, afirmou em uma nova entrevista à revista Veja que tanto o deputado federal Nelson Pelegrino (PT) quanto o candidato ao governo da Bahia pelo PT, Rui Costa, foram beneficiados com dinheiro da entidade, suspeita de desviar recursos do Fundo Estadual de Combate à Pobreza e de prefeituras baianas e repassar para campanhas petistas no estado. Ontem, reportagem do Bocão News mostrou que Dalva doou dinheiro, como “pessoa física”, para as campanhas de deputado federal de Rui e Pelegrino em 2006. Os petistas afirmaram que a ex-dirigente participou dos jantares de adesão de ambos, e consideraram que os recursos adquiridos de forma “legal” e são utilizados para levantar fundos para campanha.“Nelson Pelegrino é uma pessoa que, inclusive ia na minha casa e no instituto sempre, inclusive tem uma creche lá na Avenida Peixe [em Salvador], de uma liderança dele, que ele me pediu para eu construir. Eu construir com recurso do instituto, obviamente que é um bem para a comunidade, mas foi para uma liderança dele”, afirmou.Dalva afirma ainda que tem provas de que contribuiu para campanhas dos petistas. “Ele não pode negar que a gente contribuiu sim com a campanha dele, contribuímos mesmo, e ele sabe que é verdade. Eles estão no desespero porque sabem que eu vou provar e tenho como provar”, disse. Ainda conforme Dalva, Rui destacava uma despachante para buscar dinheiro. “A mesma coisa foi Rui Costa, que ia lá no instituto, que recebeu dinheiro sim. Uma ex-mulher dele, acho que é Célia o nome dela, foi lá, inclusive, pegar recurso para a campanha dele. Agora, é muito simples as pessoas dizer que não me conhece”, acusou.Nesta quarta (25), Rui Costa divulgou uma certidão emitida pelo Grupo de Atuação de Defesa do Patrimônio Público e da Moralidade Administrativa do Ministério Público Estadual (MPE), coordenado pela promotora Rita Tourinho. No documento, o órgão afirma que o postulante petista não é alvo da investigação, que apura suposto desvio de recursos públicos em benefícios de políticos do PT da Bahia.

COMENTE: